Nossa Senhora e São José são invocados juntos na campanha de oração das crianças deste ano. Na última edição, em 2020, foram mais de 509 mil crianças em oração. O próprio Papa Francisco convidou as crianças a participarem da campanha da ACN.

REZANDO.TERÇO

Vatican News

A ACN (Ajuda à Igreja que Sofre) convida famílias, escolas, comunidades e paróquias a participarem, no dia 18 de outubro, da iniciativa anual de oração “Um Milhão de Crianças Rezam o Terço pela Paz”. É uma campanha de oração pela paz e a unidade em todo o mundo. Ao mesmo tempo, a campanha incentiva as crianças e os jovens a buscar ajuda e apoio em Deus nos momentos difíceis, como explica o presidente internacional da ACN, cardeal Mauro Piacenza.

“Este ano a iniciativa gira em torno de São José, com citações da Carta Apostólica ´Patris corde` (com coração de Pai), escrita pelo Papa Francisco para marcar o Ano de São José no 150º aniversário de sua proclamação como Padroeiro Universal da Igreja, ano jubilar que se conclui no dia 8 de dezembro deste ano. A campanha, nesta edição, incentivará as crianças a rezarem ´de mãos dadas com Nossa Senhora e sob a proteção de São José´”, diz dom Piacenza.

O cardeal e presidente internacional da ACN recorda que São José, como Patrono Universal da Igreja, “é um grande exemplo para nós de como Deus pode tornar todas as coisas boas através da nossa oração, da fidelidade e obediência à Sua Palavra”, diz.

Embora se esperasse que em 2021 tivéssemos o fim das restrições por conta do coronavírus, as consequências da doença ainda são muito graves em muitos lugares. Além disso, esta crise não é a única ameaça que o mundo enfrenta. “A fome, a pobreza, a corrupção, o terrorismo, a profanação da vida humana e a destruição da criação afetam milhões de pessoas”, explica o cardeal Piacenza. Em resposta, ele enfatiza a importância da oração, e especialmente da oração das crianças, na intercessão pela “salvação de Deus para o mundo”.

Novidades da Campanha de 2021

Este ano, os cartazes incluem São José ao lado de Nossa Senhora e uma oração adicional a São José, que o Papa Francisco reza todos os dias. O kit de oração já está disponível para download na página especial criada para o evento: acn.org.br/terco-das-criancas/.

As origens da iniciativa da campanha de oração “Um Milhão de Crianças Rezam o Terço” remontam ao ano de 2005. Na ocasião um grupo de crianças foi visto rezando o Terço em um santuário local na capital venezuelana, Caracas. Alguns adultos testemunharam a cena e lembraram das palavras do Padre Pio, que disse: “Quando um milhão de crianças rezarem o Terço, o mundo mudará”. Desde então, a campanha se espalhou e tornou-se um fenômeno mundial.

"Um milhão de crianças rezam o terço" já bateu recordes

No ano passado, a campanha “Um Milhão de Crianças Rezam o Terço pela Paz” bateu todos os recordes. Crianças de 136 países, incluindo Brasil, Síria, Iraque, México, Armênia, Papua Nova Guiné, Nigéria e República Democrática do Congo confirmaram sua participação pelo site da ACN. Foram mais de 509.000 crianças confirmadas. Foi um ano em que o próprio Papa Francisco convidou as crianças a rezarem: https://youtu.be/LpuhwgSNka0

A página da ACN oferece materiais gratuitos para quem reza em paróquias, escolas, grupos infantis e famílias. Como acontece todos os anos, o kit de orações gratuito contém instruções sobre como rezar o Terço. Há também pequenas meditações para as crianças sobre os Mistérios do Rosário e um Ato de Consagração a Nossa Senhora para as crianças, além de ilustrações para colorir e um passo a passo de como montar uma dezena do Terço de macramê.

Sobre a ACN (Ajuda à Igreja que Sofre)

A ACN (Ajuda à Igreja que Sofre) é uma Fundação Pontifícia que auxilia a Igreja por meio de informações, orações e projetos de ajuda a pessoas ou grupos que sofrem perseguição e opressão religiosa e social ou que estejam em necessidade. Fundada no Natal de 1947, a ACN tornou-se uma Fundação Pontifícia da Igreja em 2011. Todos os anos, a instituição atende mais de 5.000 pedidos de ajuda de bispos e superiores religiosos em cerca de 140 países, incluindo: formação de seminaristas, impressão de Bíblias e literatura religiosa - incluindo a Bíblia da Criança da ACN com mais de 51 milhões de exemplares impressos em mais de 190 línguas; apoia padres e religiosos em missões e situações críticas; construção e restauração de igrejas e demais instalações eclesiais; programas religiosos de comunicação; e ajuda aos refugiados e vítimas de conflitos.

Fonte: ACN e Vatican News