Numerosos fiéis, seminaristas, religiosos e religiosas, padres e bispos estiveram presentes na Catedral de São Miguel Arcanjo para apresentar a Dom José a sua última despedida.

DOMJOSEMARIA1

No dia 31 de agosto, às 14h, aconteceu, na Catedral de São Miguel Arcanjo, de nossa Diocese de São Miguel Paulista, a celebração eucarística de corpo presente de Dom José Maria Liborio Camino Saracho, bispo emérito da Diocese de Presidente Prudente, falecido na tarde do dia 30, vítima de uma pneumonia. Dom José havia sido internado para fazer uma cirurgia na vesícula e, depois de diaS internado no Hospital Santa Maggiore, acabou não resistindo.

A missa foi presidida pelo arcebispo metropolitano de São Paulo, Dom Odilo Pedro Cardeal Scherer, e concelebrada por Dom Manuel Parrado Carral, nosso bispo diocesano; Dom Fernando Legal, SDB, nosso bispo emérito; Dom Benedito Gonçalves dos Santos, bispo da Diocese de Presidente Prudente; Dom Pedro Luiz Stringhini, bispo da Diocese de Mogi das Cruzes e presidente do Regional Sul I da CNBB; Dom Edmilson Amadeu Caetano, bispo da Diocese de Guarulhos; Dom Luiz Carlos Dias, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo; e também por diversos padres da nossa Diocese e do clero de Presidente Prudente, com boa participação de diversos fiéis que acorreram à Catedral para dar a Dom José sua última despedida. Na verdade, como o velório começara a partir das 9h30, muitos irmãos e irmãs já haviam passado, durante o dia, pela Catedral.

DOMJOSEMARIA2

Já no início da Santa Missa, nosso bispo diocesano, Dom Manuel, após saudar a todos, destacou que era impossível passar pela nossa Diocese e, de certa forma, não enxergar os passos de Dom José Maria. Em sua homilia, Dom Odilo, partindo das leituras escolhidas para a Missa de Exéquias, recordou, sobretudo, que era o momento mais do que propício para agradecer a Deus pela vida de Dom José. "Como é bom quando se chega ao fim da vida e, como o apóstolo Paulo, se pode dizer que completou a carreira; que realmente passou por esta vida deixando a sua marca". Em seguida, Dom Benedito, tomando a palavra, destacou o trabalho pastoral de Dom José frente à Diocese de Presidente Prudente, realçando sua dedicação aos mais pobres. "A grande marca do trabalho de Dom José Maria foi o seu apoio junto aos que viviam em assentamento de terra. Era presença marcante e atuante. Só Deus poderá recompensá-lo", disse.

DOMJOSEMARIA3

A missa prosseguiu de costume, e o rito de encomendação e o sepultamento foram realizados ao final. "É costume, na Igreja, que os bispos sejam sepultados nas catedrais. Dom José, ainda em vida, claro, manifestou claramente o seu desejo de ser sepultado aqui, onde ele também foi pároco. Rezemos para que descanse em paz, aqui neste templo onde dedicou grande parte de sua vida", disse ainda Dom Odilo, antes da encomendação. Após as orações, três padres da Diocese de São Miguel e outros três de Presidente Prudente conduziram o caixão até a cripta, onde, agora, Dom José descansa em paz. 

QUEM FOI DOM JOSÉ MARIA

BISPO EMÉRITO 6

Filho de Victor Camino Chavarri e de Maria Saracho, José Maria nasceu em Santurce, no país Basco, em 13 de novembro 1931. Fez seus estudos básicos no Seminário Menor de Castillho-Elejabeitia e de Vitoria-Gasteiz, ambos na Espanha. Cursou Filosofia e parte de Teologia no Seminário de Vitoria-Gasteiz , completando os estudos de Teologia no Seminário de Derio. Em seguida, foi para o Seminário da Diocese de Bilbao. Possui títulos universitários em Filosofia, Teologia, Ciências Sociais e Direção Empresarial.

Dom José Maria foi ordenado presbítero no dia 6 de julho de 1958, na Nuestra Señora de Begoña, em Bilbao. No mesmo ano, até 1967, foi prefeito de disciplina e professor no Seminário de Derio, na Espanha. No dia 13 de novembro de 1966, dia em que completou 35 anos, chegou como missionário independente no Brasil. Durante um período, ficou residindo na casa paroquial de Itaquera, Zona Leste de São Paulo (SP), cujo pároco, padre Juan Zumalde, era também oriundo do País Basco. Neste período, atuou como pároco da paróquia de São Benedito, em Guaianases, outro bairro da capital paulista. Também foi pároco da Catedral de São Miguel Arcanjo, vigário geral, ecônomo, membro do Conselho de Presbíteros e membro do Colégio de Consultores da Diocese de São Miguel Paulista.

No dia 16 de julho de 1999, o então Papa João Paulo II, o nomeou bispo titular de Urusi e auxiliar da Diocese de São Miguel Paulista. A Ordenação Episcopal ocorreu no dia 29 de setembro do mesmo ano, na Catedral Diocesana local. Trouxe como lema “chamado para anunciar o Evangelho de Deus” (Rm 1,1). Ao todo foram 35 anos dedicados integralmente a população da Zona Leste de São Paulo (SP).

Depois de três anos como bispo auxiliar de São Miguel Paulista (SP), foi nomeado novamente pelo papa João Paulo II para atuar como bispo diocesano de Presidente Prudente, no dia 20 de fevereiro de 2002. Tomou posse na Catedral de São Sebastião de Presidente Prudente (SP) em 7 de abril de 2002, tornando-se o 4° bispo da Diocese. Seu mandato foi até o ano de 2008.

Após sete anos que ficou emérito, dom José Maria voltou a residir em nossa Diocese de São Miguel Paulista. Mesmo com a idade avançada, ele permaneceu celebrando a Eucaristia e fazendo o que pedia pelo povo da pequena Comunidade de São José Operário, no setor Cidade Líder.

PELA MISERICÓRDIA DE DEUS, QUE NOSSO IRMÃO, DOM JOSÉ MARIA LIBORIO CAMINO SARACHO, DESCANSE EM PAZ!
ATÉ LOGO, DOM JOSÉ MARIA!

VEJA OUTRAS IMAGENS DA MISSA E DO SEPULTAMENTO.