"Vencendo o pecado e a morte, Jesus também concede a nós vida e ressurreição", lembrou o Pe. Edmilson durante a homilia.

ZAGA2

O dia 26 de agosto amanheceu triste para a nossa Diocese de São Miguel Paulista. No fim da tarde do dia 25, o Pe. Luiz Gonzaga Galdino, mais conhecido como Pe. Zaga, que era pároco da Paróquia de Santa Luzia, no setor Ponte Rasa, partiu para a Casa do Pai. Pe. Zaga havia descoberto um tumor no intestino. Fez a cirurgia para removê-lo e, apesar de se recuperar bem, os médicos perceberam que, internamente, a cicatrização não havia sido bem sucedida. Chegaram a conclusão de que era preciso operá-lo mais uma vez. No entanto, após a cirurgia, Pe. Zaga precisou permanecer na UTI e intubado, vindo a falecer próximo das 17h20 do mesmo dia.

Na manhã do dia 26, nosso bispo diocesano, Dom Manuel Parrado Carral, presidiu a solene celebração eucarística de corpo presente, que foi concelebrada pelo nosso bispo emérito, Dom Fernando Legal, SDB, e por diversos padres da Diocese. Os fiéis, especialmente os paroquianos de Santa Luzia, lotaram a igreja para render a sua última homenagem ao Pe. Zaga. A homilia foi proferida pelo Pe. Edmilson Leite Alves, vigário episcopal da região São Miguel. "A nossa vontade e o nosso tempo não são os mesmos de Deus. Só neste ano de 2021, o Zaga já o quarto padre que Deus leva aqui de nossa Diocese! Deus passou pelo nosso jardim e recolheu mais uma rosa. E o que nos resta? Oferecer a Deus, como uma oferenda agradável, o nosso querido Pe. Zaga, padre amado. Peçamos que ele não nos deixe, mas do céu continue cuidando desta paróquia e intercendo pela nossa Diocese", disse.

ZAGA1

O rito da encomendação foi feito ao final da santa missa pelo nosso bispo, Dom Manuel, acompanhado de todos os padres que, num só coro, entoaram o 'Salve Regina'. Pe. Zaga completaria 71 anos no próximo dia 9 de setembro. Tinha 43 anos de padre. Às 12h, o corpo seguiu para Joanópolis, onde foi sepultado ao final da tarde. Pela misericórdia de Deus, que nosso irmão, Pe. Luiz Gonzaga Galdino, descanse em paz! E que o Senhor também console e conforte o coração de todos os familiares, amigos e paroquianos.