“É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1)

No primeiro domingo da quaresma, dia 09 de março, a nossa diocese faz a abertura da Campanha da Fraternidade de 2014, às 15h00, na Catedral de São Miguel Arcanjo, com a presença dos padres e dos fiéis de todas as paróquias e comunidades.

O tempo quaresmal que começa na quarta-feira de cinzas e se prolonga até a missa da Ceia do Senhor nos convoca à conversão e nos convida a intensificar a vida de oração, os exercícios do jejum e da esmola preparando-nos para o encontro com o Senhor que veio nos libertar.

Para ajudar nesta caminhada de conversão quaresmal todos os anos a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) nos apresenta a Campanha da Fraternidade como caminho para a conversão pessoal, comunitária e social. Neste ano, o tema da Campanha da Fraternidade é “Fraternidade e Tráfico Humano” e o lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1).

Trago para nossa reflexão as palavras do Papa Francisco a um grupo de embaixadores, no dia 12 de dezembro: “Fala-se de milhões de vítimas de trabalhos forçados num tráfico de mão de obra e exploração sexual. Isto não pode continuar: seria uma derrota para o mundo permitir que seres humanos sejam tratados como objetos, enganados, violentados, vendidos, ou até mortos e feridos no corpo e na alma, sendo por fim descartados e abandonados. É uma vergonha e um crime contra a humanidade.”

Exorto todas as comunidades a aprofundarem o tema da Campanha da Fraternidade estudando o texto base, participando dos grupos de reflexão e das celebrações para melhor vivenciar a quaresma. Que Nossa Senhora da Penha nos abençoe e nos acompanhe nesta quaresma e na realização desta Campanha da Fraternidade.

 

Dom Manuel Parrado Carral
Bispo Diocesano de São Miguel Paulista